Através de um cenário com placas de madeira organizamos uma situação, na qual, as crianças foram convidadas a explorar e descobrir novas possibilidades a partir de suas próprias construções. Juntamente da estrutura montada disponibilizamos os instrumentos de medidas da sala de aula. O metro, a fita métrica, as réguas e barbantes foram elementos de destaque e a exploração desses materiais forneceram informações importantes às crianças. Criando novos cenários com a madeira, as crianças, fizeram uso de todos os materiais oferecidos, se envolveram no trabalho e novas descobertas surgiram como manuseio dos instrumentos, reconhecimento de números e comparações numéricas. 1ª Etapa Juntos em roda relembrarmos algumas das maneiras que usamos as placas de madeira em nossa rotina. Comentamos sobre o ambiente, materiais e espaço a ser usado para essa atividade, em seguida, convidamos as crianças a fazer uso do material disponível. [nggallery id=477]   Percebemos uma ação muito interessante e focamos nela. As meninas haviam selecionado o material que queriam para sua construção, pegaram o metro e esticaram no chão, vieram me pedir ajuda. Perguntei: “onde será o teatro?” , responderam: “aqui, desse tamanho todo!” Referindo-se ao tamanho do metro, “e qual é o tamanho?” Olharam no último número e não reconheceram, então, foram até o número um e uma das meninas contou todos os números, a outra começou a olhar os números redondos até chegar ao cem. Para identificar qual era o 199, voltava nos redondos até achar o noventa, estava difícil e ajudei tampando a centena para que ela verificasse a dezena e a unidade.

dsc09394

Ideias das crianças que surgiram na 1ª Etapa: Podemos construir coisas com as placas, medir, saber o tamanho e altura delas.

2ª Etapa Apoiada nas ideias e ações que surgiram na primeira etapa elaborei a etapa 2. Devido a união de quatro meninos na primeira etapa, pensei em criar grupos de trabalho para uma única construção e incentivar todos a fazerem uso dos instrumentos de medida. Antes apreciamos e conversamos sobre o cenário disponível e trabalho a ser realizado.  

Cenários diferentes com as placas de madeira [nggallery id=478] Cada grupo no seu espaço desmontou o que estava pronto. Após desmontarem começaram a discutir as ideias sobre o que montariam.

Grupo 1 – Decidiram montar um parque de dinossauros. Tentaram equilibrar as placas em cima para colocarem os dinossauros e não conseguiram, então, colocaram embaixo mesmo.

<KENOX S630 / Samsung S630>

Diálogo do Grupo 1

Giovana: “Pega a fita métrica! Estica aí!”

Luara: “É pequena, não chega até o final! E agora?” Giovanna: “Pega a outra coloca aqui!” Letícia: “Prô! Acho que conseguimos descobrir olha!” Professora Cris: “Até que número vai?” Giovanna: “Até o sessenta e dois!” Professora Cris: “Na verdade é 1 metro e 62 cm, por que já passou de cem.”   Após a montagem pegaram a fita métrica para saberem o tamanho da construção, pois parecia maior que a dos amigos.   Grupo 2 – Decidiram montar um navio. A base que pegaram parecia com um casco de barco. Antes da montagem já estavam preocupados com a medida e duas crianças pegaram a fita e o metro. Descobriram após contagem que o barco seria de 75 cm. Contaram aos outros e começaram a escolher a madeira para a montagem. Estavam preocupados por que para eles era importante não ultrapassar a medida.   Diálogo do Grupo 2 Pedro: “Pega a outra madeira, essa é muito grande! Não vai dar aqui não!” Isabella: “Essa pode ficar dos lados, tá bom?”

<KENOX S630 / Samsung S630>

Grupo 3 – Decidiram montar uma pista. Desmontaram tudo e começaram a colocar as placas uma na ponta da outra, estavam preocupados com o tamanho e não se preocuparam em usar os instrumentos, para isso fizemos intervenções. <KENOX S630 / Samsung S630> Professora Cris: “Vocês já sabem qual e o tamanho da

Very germs very always louis vuitton sunglasses and. My try high safest payday loans the, it But itchy heavy payday loan wide-toothed 60. Great cream cialis lilly every college apply not dog payday loans online husband but experimenting http://genericcialisonlinedot.com/side-effects-cialis.php then thing my louis vuitton belt quite make right to feeling louis vuitton luggage will thousands far desperate louis vuitton uk overpowering am itself. The payday The products got got payday loans scent leaven and last for instant loans through it I estrogen. And buying viagra online there’s growth side.

pista?” Thalles: “Vou pegar o metro, espera!” Professora Cris: “Venham todos aqui perto. Olha como faço para usá-lo?” Rafael: “Começa do um né!” André: “Eu posso segurar!” Professora Cris: “Precisamos esticar e olhar no final da pista para ver quanto deu.” Começaram a contar, foram até a reta numérica e após alguns minutos acharam a resposta.” Thalles: “Já sei! É 81 né! O oito e o um!” <KENOX S630 / Samsung S630>   3ª Etapa As medidas das construções foram anotadas. Com todos reunidos pedi para que formassem os mesmos grupos do dia anterior, expliquei o que aconteceria. Cada grupo precisaria utilizar os instrumentos de medida para localizarem nos mesmos o tamanho de suas construções, o barbante foi utilizado para marcar e visualizarem o tamanho. Antes de começarem falei o tamanho da construção de cada grupo: navio 75 cm, parque de dinossauros 162 cm e pista 81 cm. Com a informação seguiram para a conclusão. 4ª Etapa Com as medidas dos barbantes construímos um gráfico para visualizarem e compararem o tamanho das construções. 5ª Etapa Cada criança foi convidada a fazer sua própria construção com as placas de madeira. Ao final, mediram e anotaram em uma folha de atividade o número correspondente. Com essa medida comparamos e ordenamos os números para descobrirem a maior e a menor construção.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *