Nossa aula de Geografia foi iniciada com a leitura de um texto sobre a divisão regional do Brasil.

Coloquei no centro da sala um mapa do Brasil para que indicássemos os lugares que já conhecíamos e partimos para uma deliciosa conversa sobre viagens. Onde? Quando? De carro ou de avião? O que foi visto, apreciado, experimentado?

Lembramos situações que jamais esqueceremos. Foi um momento muito especial! Pudemos recordar e compartilhar nossas histórias e isso me fez perceber que a nossa educação e cultura transcendem os muros escolares. Ela é transmitida de geração para geração, acontecendo por meio da comunicação de hábitos, atividades, pensamentos, crenças e sentimentos.

E para finalizar, compartilhamos alguns relatos:

“Nadei na Lagoa de Coca Cola. Ela tem a cor do refrigerante e fica no Rio Grande do Norte.” (Bruno)

“Fiquei hospedada num hotel próximo ao Projeto Tamar e participei da entrega de várias tartarugas no mar da Bahia.” (Camila)

“Fiz um passeio na réplica de um barco pirata, conheci ilhas em Florianópolis e nadei em alto mar.” (Gabriel)

“Fui no Maracanã, Rio de Janeiro, na final da Copa das Confederações em 2013.” (Henri)

“Nadei em alto mar e comi camarão pela primeira vez no Rio Grande do Norte.” (Guilherme)

“Quando visitei Salvador vi uma luta de capoeira e me surpreendi com a dança e o som dos tambores.” (Kauê)

“Visitei Bonito e fiquei admirado com a paisagem, principalmente os animais e a quantidade de aves que existem no Pantanal.” (Lucas)

“Quando fui para Fortaleza visitei o Museu de Canoas e vi uma apresentação de capoeira.” (Luigi)

“Em Cáceres, Mato Grosso, vi uma criação de jacarés e pude experimentar a carne de jacaré, que é uma delícia.” (Murilo)

“Andei de bugue nas dunas de Fortaleza.” (Natália)

“Vi uma apresentação de capoeira em Salvador e me motivei a fazer aulas.” (Pietra)

“Em São Sebastião, São Paulo, vi um cardume enorme com peixes de tamanhos, cores e espécies variadas.” (Sofia)

[nggallery id=783]

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *