Primeiro veio a notícia: “Vamos ao teatro!”. Os alunos do 4º ano aguardaram ansiosamente o dia em que assistiríamos ao espetáculo “Esticando as canelas”, com a contadora de histórias Josiane Geroldi, de Santa Catarina.

Porém, na véspera desta data tão esperada, foi necessário cancelar a visita ao Itaú Cultural, local em que aconteceria o espetáculo. Todos ficaram decepcionados com a notícia, mas compreenderam a situação.

No dia seguinte, quando os alunos ainda estavam dizendo “Prô, nesse momento, deveríamos estar no teatro, se a visita não tivesse sido cancelada…”, uma nova notícia muito boa chegou: a escola propôs à artista Josiane Geroldi que viesse nos visitar e ela aceitou! O espetáculo aconteceria no dia seguinte, às 14h! Todos ficaram muito contentes!Midia1

Na sexta-feira, dia do espetáculo na escola, as crianças estavam entusiasmadas. Perto das 14h, todos aguardaram no pátio o início da narração de histórias. Quando foram chamados para a quadra, surpreenderam-se com a transformação daquele local tão conhecido, pois um cenário e um espaço aconchegante os esperavam. A partir desse momento, todos que estavam ali mergulharam em um universo de humor e fantasia.

Midia2

O espetáculo apresentou contos populares da tradição oral brasileira sobre a hora de esticar as canelas, abotoar o paletó, entregar a rapadura e bater as botas… Eram contos de artimanha, cheios de graça e astúcia. Os personagens ganharam vozes com a contadora de histórias que nos apresentou narrativas da cultura popular cujo tema é escapar e enganar a morte. Nestes contos, os personagens dão um show de esperteza e criatividade, revelando, assim, um inestimável amor à vida.

Midia10

Os olhinhos atentos e brilhantes e o sorriso no rosto mostraram o quanto as crianças ficaram encantadas com as histórias apresentadas por Josiane. Ela ainda fez brincadeiras e conversou com os alunos sobre o valor da leitura e da narração de histórias, remetendo-se às narrativas contadas por seu avô, quando ela era criança, que foram passadas de geração para geração. Ela também falou sobre o livro “Contos de enganar a morte”, de Ricardo Azevedo, conhecido pelas crianças, uma vez que estiveram envolvidas no Projeto Pedro Malasartes, que as inseriu no universo dos contos populares, entre eles, dos contos de artimanha.

Quando voltaram para a sala de aula, os alunos fizeram vários comentários sobre a apresentação e registraram alguns deles, por meio de escrita e desenhos.

Agradecemos a Josiane por ter nos propiciado momentos tão agradáveis! Foi um dia muito especial e inesquecível!

[nggallery id=900]

 

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *