Esperando…

     O anoitecer de uma sexta-feira pode ser a redenção de uma semana de aulas e tarefas, em um ano letivo que começava a ser desenhado aos riscos e às cores da novidade, para uns, de desafiadoras mudanças, para outros e de ansiedade pela proximidade dos exames que realizarão ao final do 3º ano… Ao menos, é o que se espera! Que tal alimentarmos essa esperança com Teatro? Sexta-feira torna-se dia de cultura para os alunos do Ensino Médio da Villare. Dia da esperada Agenda Cultural, por alunos e professores!

     Mas será a espera algo pjulio2revisível? Como ela interfere na percepção sobre a nossa realidade e as realidades que nos cercam?

  Esperando apresentar a naturalidade da angústia como parte essencial da vida humana e provocar reações particulares em cada expectador, por mais inusitadas que sejam, o texto de Samuel Beckett (ganhador do Nobel de literatura), ilustra o Teatro do Absurdo em sua plenitude!

A atmosfera de dúvida e surpresa foi envolvendo, tal como uma névoa, todos que estiveram no Teatro Tucarena. Estamos todos, conforme o título do texto, “Esperando Godot”! Incertos de sua chegada, mas conscientes de que, através da arte, a conquista não está no fim, mas no compasso do caminho!

[nggallery id=4603 images=5]

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *