Qual é a diferença entre grafite e pichação?

Essa foi uma das muitas perguntas feitas pelos alunos do 8º ano no encontro com o artista grafiteiro Job Leocádio. Na ocasião, Job relatou suas vivências como artista de rua. Iniciou seus trabalhos em São Caetano e hoje tem um repertório valorizado, inclusive, no exterior.

Ele também expôs detalhes da história do movimento artístico, que teve início no Brasil na década de oitenta. Os alunos tiveram a oportunidade de ver de perto seu processo artístico desde o desenho e o recorte do stencil, até a imagem do trabalho final. Foi uma rica experiência!

Este encontro fez parte de um projeto vivido pelos alunos nas aulas de Artes, em que estudaram o início do movimento nos EUA e em nosso país, apreciando várias obras de artistas e seus percursos poéticos, relatados em vídeos. Iniciaram um trabalho prático que consiste na produção de camisetas pintadas utilizando a mesma técnica do grafite: stencil. Cada aluno desenvolveu seu próprio desenho para compor a pintura da camiseta. Para que possam ser apreciadas, uma exposição será montada em breve. Aguardem!

E quanto à resposta da pergunta inicial? Esta pode ser respondida facilmente por um de nossos alunos do 8º ano:

“O grafite é a construção de um patrimônio e serve para expressar opiniões e desejos; já a pichação é a destruição de um patrimônio e pode ser usada simplesmente para depredar um lugar ou também para conversas entre diferentes grupos.”

Igor Freitas, 8ºC

 

Confiram fotos deste momento.

[nggallery id=2702 images=10]

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *