No dia 19.10.2019, nossos alunos protagonizaram a Mostra Cultural 2019: Cenários de Aprendizagem.

Tratou-se de um cuidadoso trabalho de apresentação pública dos projetos desenvolvidos ao longo do ano, organizados por nossa equipe docente, tanto no Currículo Nacional quanto na Educação Bilíngue.

Por fim, o envolvimento de nossos professores e de nossos alunos, a presença de nossa comunidade escolar, bem como a relevância social e acadêmica dos saberes construídos merecem destaque especial.

Realizamos no sábado, 5 de outubro, a Mostra Cultural do Fundamental I. Neste ano os cenários de aprendizagem foram temáticas que geraram processos de formação de professores e impactaram as ações didáticas ao longo dos projetos.

Pensamos cenários de aprendizagem como espaços de interação e produção de conhecimento, que abarcam muito além das questões materiais. As experiências vividas ao longo das pesquisas tornaram-se visíveis em nossa Mostra, fortalecendo os vínculos com nossas famílias e nosso projeto educativo.

Encerramos no sábado, 31 de agosto, mais uma edição do Ler é Mais!

Neste ano, a relação da literatura com a música foi o tema do evento, que envolveu alunos de diferentes segmentos da escola e recebeu o nome de “Palavras que cantam”.

A música esteve em diálogo com as narrativas, poesias e  brincadeiras, que trouxeram mais alegria à nossa escola em toda programação!

Em nossa Feira do Livro recebemos mais de dez editoras e pudemos conhecer escritores, ilustradores, pesquisadores e músicos, conhecendo assim outros lados da produção literária.

Agradecemos às famílias Villare pela participação no Ler é Mais 2019, compartilhando conosco o objetivo de estímulo à leitura!

No dia 05/04, recebemos em nossa escola ex-alunos, universitários e jovens profissionais apresentando o cotidiano do Ensino Superior e contribuindo para a escolha da carreira e do curso universitário de nossos alunos do Ensino Médio.

Conhecer as diferentes carreiras a serem seguidas desde a formação universitária até a sua prática é o objetivo do Programa de Orientação Profissional da Escola Villare.

Os alunos necessitam de ferramentas para que possam amadurecer em relação à escolha da profissão, refletir sobre o futuro e tomar ciência das condições que poderão enfrentar na vida profissional.


Cerimônia de entrega dos certificados de Cambridge já é tradição!

Na noite de ontem, muitos dos nossos alunos receberam os certificados de proficiência em língua inglesa emitidos pela Universidade de Cambridge.

Muito esperada, esta cerimônia é realizada anualmente, momento em que celebramos conquistas importantes, atestadas por meio de certificações mundialmente reconhecidas.

O trabalho com a língua inglesa em nossa escola tem, dentre outros objetivos, o de preparar os alunos para a realização desses exames, que avaliam o conhecimento em leitura, produção escrita e compreensão e expressão oral.

Como centro preparatório oficial de Cambridge, nos sentimos orgulhosos por mais uma edição dos exames com resultados expressivos e muito a comemorar!

Parabenizamos nossos alunos por seus resultados!

What a celebration!

O Enem esteve aí… e passou!  Novos desafios virão para os alunos do 3º ano de 2017 da Villare. E o fim desse ciclo de crescimento, onde meninos e meninas tornaram-se jovens conscientes, compenetrados e competentes, está chegando!

Eram muitas as expectativas das turmas do 3º ano sobre as surpresas que a escola prepararia para eles às vésperas do ENEM. Foi realmente difícil surpreendê-los! Esperavam pelas cartas escritas pelos pais, por qualquer alento que os mostrasse o quanto são importantes! Era a última aula, os últimos momentos antes do primeiro grande teste para esse grupo especial (cabe aqui esse longo parêntese: especial pois soube superar suas diferenças e unir-se nos momentos mais difíceis, transformando grande parte das angústias em serenidade, das incertezas em desafios e das dúvidas em sucessos! Isso os faz pessoas incríveis! Além de alunos, parceiros, além de estudantes, pessoas prontas para o mundo).

E não é que elas vieram? E vieram por meio dos professores! Muita emoção, muitas histórias de carinho e reconhecimento por parte de seus pais! Um sentimento de dever cumprido!

Foram tantos os abraços sinceros com os professores que não poderia, simplesmente, acabar assim. Começou, então, a festa! Animados pelo som vivo e ao vivo do músico (e amigo) Vital, cantaram, riram e viveram com intensidade alguns dos últimos e melhores momentos deste caminho na Villare!

Ainda é cedo para saudades, mas sempre é tempo de construir boas novas lembranças!

Que venham os próximos desafios!

 

[nggallery id=5306  images=100]

Quais os ingredientes para uma relação saudável entre alunos e professores no ambiente escolar?

A pedagogia diria que a confiança do aluno no domínio dos conceitos e conteúdos pelos seus professores, a capacidade docente para encontrar diferentes caminhos para se fazer entender, o empenho dos alunos nas tarefas e trabalhos e o encontro de sentidos nas suas aprendizagens são fundamentais.

Mas isso já temos! O que mais?

Tomate, Muçarela, palmito, farinha de trigo, calabresa e manjericão!

Os pedagogos que nos desculpem, mas uma boa pizza é fundamental!

Com a mão na massa, os alunos do 3º ano do Ensino Médio homenagearam, com sabor e humor os seus professores, dividindo algumas fatias e bons momentos, salpicados de orégano e despedidas…

E para acalentar a Pedagogia, depois dessa experiência, está cientificamente comprovado: nem sempre é ruim acabar em pizza!

 

[nggallery id=5302 images=100]

A festa junina é uma tradição da cultura popular, com danças, músicas e brincadeiras espalhadas pelas diferentes regiões do nosso país.

Nos dias 24 e 25 de junho compartilhamos com as famílias ricos momentos de celebração do ciclo junino através de manifestações culturais preparadas por professores e alunos.

Na Educação Infantil os preparativos da festa começaram com uma oficina que reuniu adultos e crianças na confecção de enfeites, que foram dispostos em vários lugares da festa.
[nggallery id=4968 images=12]

No Fundamental I as oficinas de adereços realizadas entre as crianças do 1º ao 5º ano foram um sucesso e o resultado pode ser visto nos diferentes espaços de nossa escola.
[nggallery id=4967 images=5]

O Ensino Médio e o Fundamental II participaram da festa apresentando uma quadrilha e realizando ações sociais através da Barraca da Cidadania, do Correio Elegante e da venda de comidas típicas.
[nggallery id=4969 images=25]

Apresentações musicais e danças ocuparam diferentes espaços da escola, envolvendo os convidados em rodas de verso, carimbó, bumba meu boi, quadrilhas e muitas brincadeiras cantadas!

Ao propormos uma festa com a intensa participação das famílias, reforçamos o sentido desta tradição brasileira, que se fortalece na coletividade e revela toda sua beleza na diversidade de sons, cores, formas e movimentos.
[nggallery id=4970 images=150]

“Todas as pessoas são capazes de atuar no palco. Todas as pessoas são capazes de improvisar. As pessoas que desejarem são capazes de jogar e aprender a ter valor no palco.” (Viola Spolin)

E foi assim que aconteceu na nossa VII Mostra de teatro Villare. Mais de 300 alunos (crianças e adolescentes) compostos dos cursos curriculares e extracurriculares da escola ganharam a cena na mostra interna de teatro, atualmente composta por 12 espetáculos.

Esse espaço valoriza o fazer teatral e não apenas o resultado. Por isso, todas as etapas, desde a elaboração até a apresentação, são importantes. Os alunos são submetidos a um projeto, ao longo do ano, que pode ser de um trabalho com texto ou de composição deles. Se escolherem um texto pronto, viverão um processo mais contemporâneo de desconstrução do texto como modelo de ação; caso escolham fazer a dramaturgia, os alunos são convidados a participar de um processo colaborativo, no qual vão tomando todas as decisões no coletivo, desde a escolha do tema, até figurino, sonoplastia e construção do texto.

Nos dois casos, o mais importante é a liberdade criativa e a sintonia do grupo. Isso, porque do resultado final é isto que ficará em destaque: o trabalho em grupo.

Nossa escola NÃO valoriza o talento, já que acreditamos que todos são capazes de atuar e porque teatro é uma arte que pode desenvolver habilidades que aguçam a nossa sensibilidade, concentração, presença, foco, expressão corporal e vocal.

E isso tanto é verdade que pudemos constatar nas reflexões cênicas criadas por nossos alunos criações genuínas, singelas, feitas com entrega e com total presença e que trouxeram a plateia à cena ora por serem cenas reflexivas, ora por serem cômicas, ora por serem mais poéticas, mas o mais importante é que sempre se preservou a autoria de cada agrupamento, a liberdade criativa e as descobertas cênicas.

Estamos orgulhosos por tantas descobertas!

Parabéns atores-jogadores!

[nggallery id=4414 images=78]

A Mostra Cultural de 2016 possibilitou aos visitantes a compreensão dos saberes desenvolvidos na escola. Ao longo do ano letivo, os temas foram trabalhados, na maior parte, de modo interdisciplinar. Culminaram em exposições e oficinas, em que nossos alunos exercitaram o protagonismo, dando visibilidade à riqueza e à complexidade de nosso projeto pedagógico.

[nggallery id=4390 images=70]