“Cresci e, como todo mundo, acabei esquecendo a maioria dos meus sonhos de infância. Até mesmo das cápsulas do tempo”. L.F. Risemberg

 

Após a leitura do texto* feito pela ex-professora tutora do 6º ano – Bruna, reflexões e do vídeo com imagens de quando eram menores, nossos alunos receberam a cápsula do futuro (carta feita por eles em 2009 e dirigidas a eles num futuro próximo).

O momento foi emocionante para todos !

 

Leiam abaixo a carta feita pela professora aos alunos do 9°ano:

 

À turma do 6º ano de 2010/ 9º ano 2013

Tenho saudades

de um tempo que não volta.

Saudades da insegurança

e do frio na barriga

ao dizer:

Bem-Vindos! Sou a professora de vocês!

Estava diante da minha primeira turma.

Turma que enfrentava o fundamental 2 pela primeira vez.

Que coincidência

Ambos estreávamos!

Um mix de sensações

era o que sentíamos.

Dávamos um passo por vez.

Passos descompassados

e muitas vezes atravessados.

Cheguei a pensar

que nunca andaríamos

juntos,

na mesma direção.

Continuamos o caminho.

Caminho longo,

engraçado,

estressante,

difícil

e fascinante!

Entre passos

nossos passos

se encontraram.

Entre broncas, elogios

choro e risos nos aproximávamos

e confiávamos

e aprendíamos.

Ah! Como aprendi!

Aprendi

a falar e a ouvir.

A elogiar e repreender.

Aprendi muito

do que sei e

do que ainda não sei.

Aprendi a lecionar!

O tempo passou

e chegou o que temia:

a despedida…

chegava o nosso último dia!

Agradeci, chorei, sorri

e deixei. O que posso fazer?

Chegamos ao dia de hoje.

Próximos do encerramento

de um ciclo.

Entre corredores e intervalos

os vi crescer.

Como estão diferentes!

Mas basta olhar mais demorado

pra ver

que a essência é a mesma

e o carinho também!

Ai que saudades que eu tenho…

Bruna Queiróz Sousa

[nggallery id=608]

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *