“Rolou uma Química” na aula de campo do terceirão!

Nada interrompe as reações que transformam o conhecimento! Nem mesmo a chuva que caía na terça-feira, dia 30 de maio, impediu que os alunos do 3º ano do Ensino Médio da Villare seguissem as curvas da Serra do Mar rumo à empresa UniparCarbocloro, em Cubatão-SP.

Fabricando Cloro, Soda Cáustica e Hipclorito de Sódio desde 1964 (e atualmente outros produtos como o HCl e o Dicloroetano – C2H4Cl2), inicialmente com capital multinacional e hoje com capital nacional, o que diz muito do contexto geoeconômico do Brasil recente, a UniparCarbocloro é também reconhecida pela preocupação ambiental, numa região que já foi conhecida como a mais poluída do mundo.

Ações de reuso da água e materiais, seus descartes ou devolução ao ambiente, sistemas de monitoramento de vazamentos e contato constante com a comunidade, são observados com naturalidade…

A eletrólise, processo eletroquímico não-espontâneopor meio do qual se obtém o Cloro a partir da Salmoura (solução de água e NaCl, o “sal”) e energia elétrica, foi detalhada em cada um dos sistemas de produção, em sua dimensão real e visualizada nas maquetes que simulavam didaticamente o processo.

Animação

 

Mesmo sob chuva, foi possível perceber-se que uma indústria de grande porte é um sistema complexo e pulsante, pois as etapas da produção são interligadas e interdependentes. Além de técnica, a logística é fundamental.

E se a água e o sal são fundamentais para a indústria química e para a economia brasileira, no nosso caso, reagiram para catalisar a aprendizagem de Química, Geografia e Biologia, temperando com prazer a aquisição de múltiplos saberes pelos jovens do 3º ano 2017!

 

0 respostas

Deixe um Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *