Ler é mais 2018 na Educação Infantil

Aconteceu em agosto, na Educação Infantil, o Projeto “Ler é mais – Rituais para ler: afetos e memórias”, que estimulou a leitura e o cuidado na preparação dos espaços que valorizam esses momentos.

Rituais para contar, para anunciar uma história diferente, para compor o espaço, para encantar as crianças e adultos!

Foi um mês cheio de rituais diferentes que deixaram os ambientes delicadamente planejados para uma viagem imaginária.

Acompanhem as ações que aconteceram e fortaleceram os momentos de leitura e marcaram momentos de integração entre crianças e funcionários da Escola.

Os últimos dias de férias continuaram a todo vapor

As férias acabaram, mas foi muito divertido! As crianças brincaram, ouviram muitas histórias, saborearam culinárias diferentes, dançaram e muito mais!
O Grupo Verde preparou um painel inspirado nas obras de Yayoi Kusama que depois foi usado como estúdio fotográfico para poses bem divertidas!

 

A sala de construções inspirou os pequenos a realizarem suas obras:

 

Na sala de luz negra brincaram e se fantasiaram com acessórios fluorescentes:

 

Uma sorveteria “de massinha”, repleta de sabores deliciosos, foi montada na Vila:

 

Jogos e brincadeiras continuaram com força total:

 

A Villare Dance não podia ficar de fora dessa temporada de diversões! As crianças curtiram os hits infantis:

 

E aqui choveu muito! Na sala da chuva as crianças inventaram novas brincadeiras:

 

E os bebês se encantaram com a beleza das flores e seu aroma:

 

Com direito a friozinho na barriga, a aventura radical Villare Roller Coaster foi inesquecível:

 

O Show de Mágicas envolveu todo o Grupo Verde! Será que as crianças desvendaram os mistérios?

 

E então, encerramos este mês pra lá de especial com  o Teatro de professores e de crianças também:

 

Férias na Villare é sinônimo de diversão!

As férias de julho começaram e nós preparamos uma programação especial para receber as crianças.

Por aqui está acontecendo muito coisa… Faça calor ou frio, a diversão é garantida: Spa Villare, cabanas para histórias, para descobrir mistérios e para relaxar, brincadeiras populares, como mãe da rua, queimada, elefante colorido, balança caixão, bambolê…

A sala de caça aos bichinhos, sala de praia, vulcão de cores, massinha caseira, brinquedos, histórias e músicas para o berçário também fizeram parte da primeira quinzena de férias.

E não podia faltar o almoço especial “Mangia che te fa benne”! Macarrão à bolonhesa, frango, salada de tomatinho cereja, suco de uva e de sobremesa uma adaptação de tiramissú e frutas picadas.

Nossos atores arrasaram! As educadoras do Grupo Amarelo prepararam uma história com luz e sombra.  No Grupo Verde apresentaram “Um lobo na prefeitura”, a apresentação das crianças ficou por conta do Grupo Azul com histórias usando fantoches criados por elas.

Brincadeiras Juninas

As brincadeiras juninas também aconteceram na Escola!

Gincanas, dança da cadeira, bola ao cesto, tomba latas, pesca na areia, pesca na água e muita música fizeram a alegria das crianças e marcaram o encerramento desse primeiro semestre.

E para recarregar as energias, as crianças compartilharam de um lanche bem gostoso com pratos típicos.

I Encontro Cultural 2018

Um lugar, muitos lugares…
“Um lugar de refletir, experimentar, escutar.
Um lugar de brincar, sonhar, compartilhar.
Um lugar que acolhe diferentes culturas e linguagens. A Escola Villare é este lugar: habitado por crianças, educadores e famílias que acreditam na potência da Educação Infantil, um organismo vivo que se renova a partir das possibilidades inesgotáveis do dia a dia e do compromisso em viver a infância.”

(Cilene Iatalesi Ferrari – Coordenadora Pedagógica)

Realizamos, no dia 26 de maio, o I Encontro Cultural de 2018. As crianças e toda equipe da escola compartilharam com as famílias as experiências e descobertas de um percurso.

Voltamos os olhares para a nossa escola… E propusemos um tempo com esse lugar de muitos lugares, habitado por crianças e adultos, que promove a construção de relações, valores, amizades e alegrias.

Transbordamos os espaços de sentimentos, afetos, brincadeiras e propostas que dialogaram com a intenção do Encontro.

Foram momentos de trocas intensas que reafirmaram o quanto é significativo o laço entre crianças, professores, escola e família.

 

O GRUPO VERDE NA BIBLIOTECA PAUL HARRIS

As crianças do Grupo Verde, do período da tarde, visitaram a biblioteca municipal Paul Harris, mas antes fizeram observações na biblioteca da nossa escola. Entrevistaram a Paula, que é responsável pela organização, e prepararam uma entrevista para a bibliotecária da cidade. Será que as bibliotecas são iguais? São do mesmo tamanho? O que pode ter? Quantos livros têm lá? Funciona todos os dias?

Chegando lá, as crianças foram recebidas pela coordenadora e pelas educadoras do local. Descobriram que a biblioteca possui uma média de 39 mil títulos, que todas as pessoas podem visitá-la, fazer empréstimos de livros e doar também.

Depois de conhecerem o espaço, ouviram uma história contada por educadoras da biblioteca e cantaram várias cantigas.

Voltaram para a escola cheios de anotações e novos conhecimentos!

Momentos de Adaptação

Nestes dias de adaptação as crianças têm a possibilidade de ampliar suas relações, e assim constroem e reconstroem vínculos.
Nesse período são convidadas a explorar ambientes e materiais, e aos poucos sentem-se seguras para a nova etapa.

De maneira gradativa vão construindo uma memória afetiva, incluindo todos que fazem parte do seu dia a dia, mas também trazem uma memória de casa, de familiares e objetos significativos. Por isso, para as crianças menores, a presença de um familiar é bem importante.

Já as crianças maiores ficam mais à vontade com os educadores e amigos, o que revela uma autonomia pertinente à faixa etária.

Selecionamos momentos que revelam essas relações e muitas descobertas!

Coordenação Pedagógica

 

 

 

II Encontro Cultural 2017

Realizamos o II Encontro Cultural de 2017: “Narrativas da Infância”.  Cada grupo se aproximou de diversas histórias, contos e releituras.

De acordo com a preferência de cada turma, nosso encontro foi desenhado com histórias circulares, histórias de assombração, contos egípcios, quadrinhos, histórias clássicas e modernas.

As famílias se aproximaram das propostas, vivenciaram e se encantaram com as apresentações das crianças, que compartilharam histórias milenares e atuais, orais, escritas, filmadas e imaginadas.

O Encontro foi aberto e encerrado pelas apresentações de teatro do Grupo Verde. As crianças estavam muito apropriadas e bem à vontade para interpretarem “Ei, Ei, Ei, Vanderlei” e “Festa no Céu”.

Nosso Encontro aconteceu com uma forte integração entre as crianças, familiares e Equipe Pedagógica. Todos transitaram por mundos imaginários, conheceram e relembraram belas histórias.

Confiram!

 

Apresentação de Dança

No decorrer do ano as histórias foram vivenciadas também nas aulas de Dança. Os textos narrados encantaram as crianças e embalaram seus movimentos. Passos ritmados se ampliaram para alcançar o imaginário, dar vida aos personagens e a novas coreografias.
Escolhemos compartilhar essas vivências através da apresentação – Era uma vez: Histórias que encantam.
As crianças apresentaram Os saltimbancos, Mágico de Oz, Alice no País das maravilhas e O quebra Nozes.
Foi um encontro marcado por muita expressão, alegria, música e surpresas!

Uma rica experiência para as crianças, professores e convidados.

 

1º horário 9h:

 

2º horário 10h30:

 

3º horário 12h:

Dia da Criança na Educação Infantil

Todo dia é dia… Mas tem um dia que é bem especial!

O Dia das Crianças na escola foi comemorado com brincadeiras e muitas histórias divertidas!

A Cia de Teatro “Brincando em Cena” e o Grupo Musical “Barulhinho Bom”, formados por educadores da Villare, interpretaram as histórias: Assim Assado e Uma lição do pássaro.

O Espaço de Criação foi ambientado para esse momento e as crianças, atentas, curtiram cada cena!

Para o Berçário, os professores, de musicalização, Thiago e Mariana, apresentaram histórias cantadas, com a participação das educadoras.

Os professores de esportes preparam brincadeiras e gincanas para animar os grupos durante todo o dia.

E não faltou um lanche bem gostoso para repor as energias!